Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez.:

Thomas Edison

Casca do ipê roxo
Casca do ipê roxo

O ipê roxo é uma árvore regular e pouco ramificada, com flores de coloração rósea a roxo-claras, originária da América Tropical, desde o México até a Argentina, sendo que a sua maior distribuição encontra-se em nosso país. Além de nos proporcionar uma paisagem belíssima com as cores de suas folhas e de sua madeira ser utilizada para vários fins na marcenaria, o ipê roxo é um remédio natural tradicionalmente utilizado para tratar vários problemas de saúde.

Devido às suas propriedades medicinais, o chá de ipê roxo é indicado para o tratamento de casos de vários males, dentre os quais podemos citar os seguintes: alergias, anemia, diabetes, câncer, candidíase, catarro da uretra, coceiras, dores musculares, colite, lúpus, úlceras, mal de Parkson, malária, osteomielite, problemas respiratórios, psoríase, queimaduras, cólicas menstruais, corrimentos e outros problemas femininos. Pesquisadores americanos descobriram que na casca desta árvore existe uma substância que pode ser útil na luta contra um certo tipo de célula cancerígena, podendo proporcionar um novo tratamento contra vários tipos de câncer.

CONTRAINDICAÇÕES:
O chá de ipê roxo não deve ser ingerido pelas mulheres grávidas e durante o período de lactação. Deve-se ter atenção com a quantidade de chá ingerida, pois, doses elevadas podem causar náuseas, vômitos, diarreia, efeito anticoagulativo do sangue e outros efeitos indesejados.

COMO PREPARAR O CHÁ?
Ferva em 500ml de água, 1 colher de sopa da erva. Abafe por 15 minutos. Coe e tome de 2 a 3 xícaras do chá ao dia.